Aplicação da teoria da perda de uma chance no âmbito do seguro E&O de advogados

Palavras-chave: Responsabilidade civil dos advogados, Seguro E&O de advogados, Determinação dos danos, Teoria da perda de uma chance

Resumo

O presente artigo tem como escopo examinar a aplicação da teoria da perda de uma chance no âmbito do seguro de responsabilidade civil profissional do advogado. Além de enfrentar os principais pontos na matéria, pretende-se tirar da sombra os critérios que deverão conduzir o processo de quantificação do dano ressarcível ao terceiro lesado, usualmente feito em sede de regulação de sinistro pelo segurador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Junqueira
Doutor em Direito Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Ciências Jurídico-Civilísticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC). Pós-graduado pelo Instituto de Direito Bancário, da Bolsa e dos Seguros da FDUC. Pesquisador visitante do Instituto Max-Planck de Direito Comparado e Internacional Privado (Hamburgo - Alemanha). Diretor de Relações Internacionais da Academia Brasileira de Direito Civil (ABDC). Membro associado do Instituto Brasileiro de Direito Civil (IBDCivil) e da Associação Internacional de Direito de Seguro (AIDA). Integra o corpo docente dos programas de MBA do ICDS - Instituto Connect de Direito Social e da Escola de Negócios e Seguros. Já lecionou em diversas instituições, como a Faculdade Nacional de Direito (UFRJ) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Advogado, Sócio de Chalfin, Goldberg & Vainboim Advogados.
Publicado
30-11-2021
Como Citar
JUNQUEIRA, T. Aplicação da teoria da perda de uma chance no âmbito do seguro E&O de advogados . Revista IBERC, v. 5, n. 1, p. 13-28, 30 nov. 2021.
Seção
Doutrina Nacional