Desafios da responsabilidade civil nas relações familiares

redes sociais e os métodos adequados de solução de conflitos

Palavras-chave: Responsabilidade civil, Direito de Família, Infidelidade virtual, Cyberbullying, Métodos adequados de resolução de conflitos

Resumo

O presente artigo pretende abordar a incidência da responsabilidade civil do direito brasileiro nas relações familiares, especificamente na  exposição da infidelidade nas redes sociais, pela óptica do descumprimento dos deveres conjugais e convivenciais; bem como os limites da heteronomia dos pais e do Estado no monitoramento dos filhos/alunos nas redes sociais em razão da divulgação de conteúdo íntimo de terceiros e do cyberbullying. Para tanto, pretende-se realizar uma análise dos remédios tradicionais utilizados pela responsabilidade civil, no que tange a reparação dos danos e a resolução dos conflitos familiares e sociais. Sob esse prisma, aborda-se como a utilização dos métodos alternativos de resolução de conflitos tem se mostrado mais adequada na busca da pacificação social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Vilela Multedo
Doutora e Mestre em Direito Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). MBA em Administração de Empresas pela PUC-Rio. Professora Titular de Direito Civil do Centro Universitário IBMEC. Professora dos cursos de pós-graduação lato sensu da PUC-Rio. Advogada capacitada em Práticas Colaborativas e Mediadora de Conflitos. Autora de diversos artigos jurídicos e do livro "Liberdade e Família: limites para intervenção do Estado nas relações conjugais e parentais" (Rio de Janeiro: Editora Processo, 2017).
Publicado
01-09-2019
Como Citar
MULTEDO, R. V. Desafios da responsabilidade civil nas relações familiares: redes sociais e os métodos adequados de solução de conflitos. Revista IBERC, v. 2, n. 2, 1 set. 2019.
Seção
Doutrina Nacional