Responsabilidade civil e dano ambiental individual no desastre de Brumadinho

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37963/iberc.v2i1.19

Palavras-chave:

Responsabilidade civil, Direito Ambiental, Direito Civil, Dano ambiental individual, Desastre de Brumadinho

Resumo

A responsabilidade civil em matéria ambiental possui efeitos e interligações plurais. A articulação de suas implicações não só permite mas demanda uma contínua via de diálogos entre ramos jurídicos diversos. Direito Ambiental e Direito Civil estão interligados quando se trata do dano ambiental individual. Em situações de desastres ambientais, como o desastre de Brumadinho, as consequências alcançam especial relevância em razão da definição do regime jurídico de responsabilidade. Os bens ambientais não estão vinculados à titularidade, seja pública, seja privada. Entretanto, o regime jurídico dos bens ecológicos projeta efeito na reparação do dano individual ligado ao dano ambiental, especialmente em situações de desastres. O presente artigo propõe articular o direito ambiental e o direito civil na identificação de normas aplicáveis a situações de responsabilidade civil. A metodologia utilizada para abordagem é centrada no diálogo das fontes. A partir dessa articulação, sustenta-se em conclusão uma direta influência no sistema de reparação do dano ambiental individual, inclusive quanto ao prazo de prescrição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Kokke

Pós-doutor em Direito Público - Ambiental pela Universidade de Santiago de Compostela - ES. Mestre e Doutor em Direito pela PUC-Rio. Especialista em processo constitucional. Pós-graduação em Ecologia e Monitoramento Ambiental. Procurador Federal da Advocacia-Geral da União. Núcleo Especializado em Ambiental e ações prioritárias da Procuradoria Federal no Estado de Minas Gerais. Professor de Direito da Escola Superior Dom Helder Câmara. Professor de Pós-graduação da PUC/MG. Professor colaborador da Escola da Advocacia-Geral da União.

Downloads

Publicado

2019-05-22

Como Citar

KOKKE, M. Responsabilidade civil e dano ambiental individual no desastre de Brumadinho. Revista IBERC, Belo Horizonte, v. 2, n. 1, p. 1–16, 2019. DOI: 10.37963/iberc.v2i1.19. Disponível em: https://revistaiberc.responsabilidadecivil.org/iberc/article/view/19. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Doutrina Nacional